ENEM: Inep abrirá canal para quem se sentiu prejudicado por problemas logísticos


Solicitações poderão ser feitas entre os dias 11 e 18 de novembro (Foto: EBC)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) abrirá um canal, a partir da próxima segunda-feira (11), para participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 que tenham se sentido prejudicados por problemas logísticos durante a aplicação das provas. Por meio desse canal, o Inep receberá relatos do ocorrido e solicitações de reaplicação do exame até o dia 18 de novembro. O órgão ressalta que a solicitação não significa direito à reaplicação. Os casos serão analisados, individualmente, pela Comissão de Demandas.

As provas da primeira etapa Enem 2019 foram aplicadas no último domingo (3) em 10.133 locais do país para 3,9 milhões de participantes. Não houve ocorrências significativas, mas, sim, casos pontuais que chegaram ao conhecimento do Instituto, com sugestões e reclamações a respeito de situações ocorridas durante a aplicação das provas. As informações sobre a possibilidade de reaplicação constam no edital do exame.

Para o Inep, problemas logísticos são casos excepcionais, como desastres naturais (que prejudiquem a aplicação do exame, devido ao comprometimento da infraestrutura do local), falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural), estrutura imprópria do local de prova ou erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que cause comprovado prejuízo ao participante.

A solicitação de reaplicação deverá ser feita diretamente na Página do Participante, após informação do CPF e da senha cadastrados. Os pedidos poderão ser registrados entre 11 e 18 de novembro. Os resultados das solicitações serão publicados na própria Página do Participante. A reaplicação ocorrerá nos dias 10 e 11 de dezembro.

Quem faltou no primeiro dia ainda poderá fazer as provas do próximo domingo (10), mas apenas para autoavaliação. No segundo dia de Enem, os participantes serão avaliados em ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. O tempo para resolver as questões é de cinco horas. Os portões dos locais de aplicação fecham às 13h, e o participante deve entregar o Cartão-Resposta até às 18h. Os gabaritos e os Cadernos de Questões serão publicados no dia 13 de novembro.

 

 

por Governo do Brasil

Anterior Um banho de LED no centro de Japaratinga
Próximo Deputados aprovam Alagoas no Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Nordeste

Sem Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *