Governo estabelece diretrizes para apoio federal ao bairro de Pinheiro, Maceió


Alto volume de chuvas desencadeou a abertura de fissuras nas ruas e nos edifícios em bairros de Maceió (AL) - (Foto: Marco Antônio/Prefeitura de Maceió)

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) publicou, nesta segunda-feira (14), portaria no Diário Oficial da União (DOU) estabelecendo diretrizes para a atuação da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) em ações de mitigação e resposta ao desastre no bairro Pinheiro, em Maceió (AL). De acordo com o texto, a Sedec deve priorizar e intensificar as ações de coordenação de mitigação e resposta ao desastre em Pinheiro, além de acompanhar e coordenar as ações de socorro e de assistência humanitária à população nas áreas atingidas.

“Preocupado com o tema, o presidente da República, Jair Bolsonaro, determinou, na última sexta-feira (11), que todos os órgãos federais envolvidos coloquem a situação como prioritária em suas atribuições e disponibilizem o apoio necessário aos governos municipal e estadual. A Sedec tem acompanhado a situação do bairro desde o início das ocorrências”, informou o ministério em nota.

Entenda o caso

Em fevereiro de 2018, o alto volume de chuvas desencadeou a abertura de fissuras nas ruas e edifícios em bairros de Maceió (AL). Ao longo do ano, a prefeitura providenciou estudos geológicos e mineralógicos, que contaram inclusive com o apoio da União. Em meados de junho, a equipe responsável iniciou mapeamento para identificar as causas das fissuras.

Um relatório completo foi entregue ao governo do município em agosto e, em dezembro, a prefeitura de Maceió decretou situação de emergência no bairro do Pinheiro, reconhecida  pelo governo federal.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Prefeitura de Maceió

Anterior Consulta a lote residual do Imposto de Renda já está disponível
Próximo Trabalho sério na Assistência Social

Sem Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *