Assembleia vai criar comissão de deputados para acompanhar situação no Pinheiro


Deputado Francisco Tenório confirmou a informação (Foto: ALE/AL)

O vice-presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, deputado Francisco Tenório (PMN), confirmou neste sábado, 26, que a Casa, a partir do próximo dia 1º de fevereiro, irá formar uma comissão de parlamentares para acompanhar de perto a situação do bairro do Pinheiro, em Maceió. Ele disse que a decisão foi tomada pela unanimidade de deputados eleitos e reeleitos presentes numa reunião ocorrida esta semana.

O deputado ainda demonstrou bastante preocupação sobre as últimas declarações que o presidente Jair Bolsonaro deu, na tarde de ontem, a uma rádio de Brumadinho, em Minas Gerais, referindo-se a um afundamento do bairro do Pinheiro, ocasionado por problemas de mineração. “As recentes declarações do presidente Bolsonaro sobre o possível afundamento, ocasionado por questões de mineração, são carentes de explicações do secretário Nacional de Defesa Civil, coronel Lucas Alves. Precisamos saber deste o que realmente está acontecendo naquele bairro, o que ocasionou tudo isso”, destacou Francisco Tenório.

O vice-presidente do Parlamento alagoano disse ainda que os moradores e a sociedade precisam ter informações mais detalhadas sobre o laudo que vem sendo elaborado pela Defesa Civil. “É inadmissível que até o presente momento existam tantas informações desencontradas, que podem colocar em risco a vida de milhares de pessoas. Os moradores daquele bairro e os alagoanos precisam de uma resposta rápida e objetiva sobre esta situação. Com a palavra, nossa bancada federal”, ressaltou Francisco Tenório.

Anterior Emanuella Moura em defesa das Crianças
Próximo Prazo para inscrição no Sisu termina neste domingo (27) às 23h59

Sem Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *