Maria Petrúcia, “quero fortalecer à Cultura e a Assistência Social por toda a Maceió”


Parte 1

A Dra. Petrucia Camelo, como é conhecida na sociedade maceioense com os trabalhos sociais e culturais que realiza em Maceió. Natural de Viçosa, casada com o médico e ex-vereador Maceió, Dr. Antônio Arnaldo Camelo, mãe de cinco filhos, entre eles, o deputado estadual Sílvio Camelo (MDB) de uma família tradicional na política em Alagoas.
A Dra. Maria Petrúcia Camelo têm uma vasta atividade funcional onde desenvolveu ações como técnica concursada em laboratório da Fundação Nacional de Saúde Pública; Assistente Social da Secretaria de Saúde e Serviço Social; Assistente Social da Cruz Vermelha Brasileira – filial de Alagoas -; presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural de Maceió; e fundadora do SOPROBEM, ao lado da primeira-dama do estado Suzana Palmeira, no governo de Guilherme Palmeira.
Como assistente social fundadora a Dra. Petrúcia por várias vezes presidiu, da Sociedade Beneficente Lar Assistencial Nossa Senhora Mãe dos Pobres – Nosso Lar -, entidade de natureza filantrópica, com programas voltados para escolas, creches, clubes de mães, de idosos, consultórios médicos, assistência alimentar e atendimentos sociais a pessoas carentes, em funcionamento desde o ano de 1980.
Por três vezes num ambiente sócio cultural foi eleita por três mandatos consecutivos para a secretaria da Academia de Letras e do Nordeste Brasileiro – Núcleo do Estado de Alagoas; presidente por três mandatos, também consecutivos, para a mesma entidade (ALANE); participou da Academia Alagoana de Cultura, da Academia Maceioense de Letras e foi agraciada como sócia benemérita da Sociedade de Médicos Escritoras de Alagoas – SOBRAMES; e sócia honorária da Academia Arapiraquense de Letras.

Dra. Petrucia Camelo é preciso trabalhar ações sociais

Parte II

No Conselho Estadual de Cultura, Conselho Municipal de Cultura, União Brasileira de Escritores dos Estados de SP e de PE, da Associação Alagoana de Imprensa e é diplomada pela Escola Superior de Guerra – ADESG-AL . Uma escritora agraciada com diversos prêmios, entre eles, o Othon Bezerra de Melo, com o livro na categoria de Biografia romanceada “O sertanejo Manoel Basílio”, concedido pela Academia Alagoana de letras.
Foi homenageada ainda pelo prêmio Professora Edite Nogueira, na categoria Conto, com os títulos “Meu velho espelho” e “Um salão de periferia”, concedidos pela Womans Club. Recebeu os prêmios Destaque pela SOBRAMES; Seleção de Projeto pelo PROEX, da Universidade Federal de Alagoas ; Menção Honrosa na categoria Poesia, no Prêmio Comendador Tércio Wanderley, concedido pela Academia Alagoana de Letras. Nessa sua longa trajetória cultural foram inúmeros diplomas, troféus, comendas, certificados e títulos recebidos, entre eles da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, em Maceió, em cidades do interior e outros estados brasileiros.
Suas atividades culturais não param por ai. Participou de diversos congressos, festivais, palestras, algumas como palestrante, elaborou muitos prefácios e orelhas de livros, gravações de CD de poesias, editora de revistas, discursos, pareceres, idealizadora e coordenadora do stand das Academias de Letras do Estado de Alagoas em algumas Bienais Internacional do Livro, promovido pela EDUFAL/UFAL, em Maceió.
Como organizadora, autora de livro infantil, livros de poemas, biografias romanceada, prosa e prosa poética e Trabalho de Conclusão de Cursos foram doze trabalhos ao todo, isso sem falar na participação em revistas de Antologia publicadas pela SOBRAMES, pelas Editoras e Gráficas Novo Horizonte, Luci Artes Gráficas, Editora Enseada das Letras, todas da Cidade do Recife, e do Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Participou, ainda do lançamento das revistas da ALANE; da SECULT em Cena, em Alagoas; da Revista Letras e Artes de Recife; da Revista de Literatura Novo Horizonte de Pernambuco; e da revista “Gente da Gente”, em 2019. E já publicou diversos artigos.

Anterior Exactly why is Thailand Wedding brides Attracting A lot of Foreigners?
Próximo O poder do voto modifica a vida das futuras gerações

Sem Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *